12 de outubro de 2021

Quase 5000 alunos alagoanos concorrem na 7ª Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa

Os 102 municípios alagoanos participam da 7ª edição da Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa (OLP)

Sala de aula/ Foto: Thiago Ataíde

 

Os 102 municípios alagoanos participam da 7ª edição da Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa (OLP) Escrevendo o Futuro. Ao todo, 4.929 estudantes do estado se inscreveram nas cinco categorias do concurso: Poema (voltada para as turmas de 5º ano); Memórias Literárias (6º e 7º anos); Crônica (8º e 9º anos); Documentário (1ª e 2ª séries do ensino médio) e Artigo de Opinião (3ª série do ensino médio).

Em 2021, 1.166 escolas da rede pública de Alagoas efetuaram a inscrição no concurso: 265 da rede estadual, 898 das redes municipais e três do Instituto Federal de Alagoas (Ifal). O estado ficou entre as sete unidades da federação que conseguiram manter ou superar o número de municípios participantes em relação à edição de 2019 e entre as três – ao lado de Pernambuco e Rio Grande do Norte – que tiveram 100% de adesão de seus municípios.

Alagoas também foi o único estado que conseguiu expandir a participação do número de escolas no concurso. Já, em todo o país, 3.877 municípios realizaram adesão para participar do evento, que representa 70% das redes municipais brasileiras e nas redes estaduais a adesão foi de 100%.

Os docentes em companhia de suas turmas serão convidados e podem participar dos Encontros de Semifinalistas, que visam promover atividades culturais e formativas entre os dias 13 de outubro e 12 de novembro. No último dia dos Encontros de Semifinalistas de cada gênero, será realizada uma live de encerramento, momento que será divulgada a lista dos classificados para a Etapa Nacional.

A coordenadora estadual da OLP pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc) Betânia Moraes comemora o resultado. “Mesmo diante de uma pandemia, Alagoas se destacou nas inscrições e conseguiu ampliar a participação. Tivemos adesão de 100% dos municípios. Sabemos que esta edição será bastante desafiadora, porém, acreditamos no compromisso dos nossos professores ao realizarem a olimpíada com seus alunos, além de estarem desenvolvendo habilidades de leitura e escrita, contribuirão para formação de estudantes leitores e de futuros escritores”, observa.

Docentes Engajados – Alagoas também aumentou o número de professores participantes nesta edição, com 2.905 educadores inscritos, sendo 1.240 para categoria Poema, 1.376 para Memórias Literárias, 1.309 para Crônica, 674 para Documentário e 330 para Artigos de Opinião. Ao lado do Tocantins, o estado foi um dos que conseguiu ampliar o número de inscrições de professores. Em todo o Brasil, foram 59.177 professores inscritos.

O professor Paulo Henrique dos Santos, da Escola Estadual Professora Edleuza Oliveira da Silva, de São Miguel dos Campos, foi um dos inscritos. Ele diz que a OLP propicia ao aluno amadurecimento e melhoria na aprendizagem. “A participação em uma olimpíada nacional, já é algo grandioso, fora a possibilidade de participar de oficinas onde ele realiza produções textuais e entende os mecanismos dessa produção. Ele enriquece tanto na questão vocabular, quanto na capacidade de argumentação”, considera.

Lista dos professores e suas turmas classificadas

Categoria Poema – Escola de Ensino Fundamental Professor Luiz Alberto de Melo – Arapiraca (rede municipal) – Professora Claudia Cícera Barbosa da Silva

Categoria Memórias Literárias- Escola Municipal Laura Pereira da Silva – União dos Palmares- Professor William Jeferson da Silva

Categoria Crônica – Escola Municipal de Educação Básica Maria Iraci Teófilo de Castro – Taquarana com professor Josefa Maria de Oliveira Santos

Categoria Artigo de Opinião – Escola Estadual Professor José Quintella Cavalcanti (Arapiraca) com prof Lívia de Oliveira Silva; Escola Estadual Deputado José Medeiros (Paulo Jacinto) com o prof Melqui Zedeque Lopes Ribeiro e Escola Estadual Rocha Cavalcanti (União) com prof Gilmar de Oliveira Silva

Categoria Documentário – Escola Estadual Nossa Senhora da Conceição (Lagoa da Canoa) com a professora Angela Maria dos Santos Nascimento e Escola Estadual Padre Cabral (Maceió) com a professora Marilene Rego dos Santos

 

Fonte: Aqui Acontece

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *