3 de outubro de 2021

Português preso em Maragogi a 2 anos é extraditado por tráfico internacional de pessoas

Homem foi preso no ano de 2019. Em Portugal, ele foi condenado a 4 anos e 2 meses de prisão.

Sede da Polícia Federal em Maceió, Alagoas — Foto: Reprodução/TV Gazeta

 

A Polícia Federal em Alagoas extraditou na quarta-feira (29) um cidadão português que foi preso em 2019 em Maragogi por tráfico internacional de pessoas para exploração sexual. A PF deu apoio à Interpol para que o homem cumpra pena em Portugal, onde foi julgado e condenado.

Segundo a PF, o cidadão de Portugal foi preso em cumprimento a uma ordem do Supremo Tribunal Federal (STF).

No seu país natal, o réu foi condenado a 4 anos e 2 meses de reclusão pelo crime de “lenocínio na forma continuada e de auxílio à imigração ilegal” – equivalentes aos arts. 229 (Casa de Prostituição) e 149-A, V, §1º, IV (tráfico internacional de pessoa para fim de exploração sexual), do Código Penal Brasileiro.

O STF, após a prisão, autorizou a extradição do homem para Portugal, com base na Convenção de Extradição entre os Estados Membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (Decreto 7.935, de 19 de fevereiro de 2013).

Fonte: G1 AL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *