18 de outubro de 2021

Crimes de apropriação indébita em Alagoas resultam em 2 prisões

Em um dos casos o homem tinha ainda um mandado de prisão em aberto em seu desfavor.

Foto: PRF

 

Duas pessoas foram presas em fiscalizações distintas, por apropriação indébita na noite de sexta-feira (15), nos municípios alagoanos de Rio Largo e Palmeira dos Índios. Em um dos casos o homem tinha ainda um mandado de prisão em aberto em seu desfavor.

De acordo com as informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a equipe fazia fiscalizações no km 152 da BR 316. Os policiais deram ordem de parada ao veículo Nissan Kicks, de cor branca, com duas mulheres. Após a solicitação da documentação pessoal e veicular, eles fizeram as consultas nos sistemas e identificaram uma queixa de apropriação indébita, com boletim de ocorrência feito pela 1ª Delegacia de Aracaju/SE, na data de 27 de agosto de 2021.

A motorista não informou a procedência do veículo, sendo presa e levada à Delegacia de Polícia Civil de Arapiraca, para procedimentos cabíveis.

A outra ocorrência se deu na BR 101, km 77, em Rio Largo. Os policiais abordaram um veículo Citroen/C4, de cor cinza, com placa de Belo Horizonte/MG. Após verificação da documentação pessoal e veicular, foi identificado que o carro possuía queixa por apropriação indébita, com data de 05 de outubro de 2021. Ao ser consultado o condutor, ainda apareceu um mandado de segurança em aberto por não pagamento de pensão alimentícia.

Em relação ao veículo, o homem informou que o adquiriu por volta do mês de abril deste ano e que teria realizado contrato anual junto à Locadora. Diante dos fatos, ele foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil em Murici, junto ao veículo, para adoção das medidas cabíveis.

 

Fonte: Cada Minuto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *